Instalações elétricas: certificado de eficiência energética

Instalações elétricas: certificado de eficiência energética


Em que consiste o certificado energético?

Após compra ou venda de uma habitação, é conveniente verificar a certificação energética que existe nesse local. O certificado eficiência energética, é apresenta e avalia o desempenho energético existente, relacionado com redução dos gastos a fatura da luz.

Através do mesmo, é possível determinar a eficácia da energia numa escala de A+ (muito eficiente) até ao nível F (pouco eficiente). No documento é ainda apresentado informações relativas à climatização e águas quentes sanitárias. O documento apresenta ainda informações que permitem a poupança com o serviço de energia.

Como é determinado o nível do certificado energético?

A classe energética é aplicada com base no ano de construção do local, a localização, se é moradia ou prédio, a área da habitação, a constituição das partes que envolvem o espaço.  

Quanto vou pagar pelo certificado e onde o solicitar?

A entidade certificadora desse local, é a Agencia para a Energia (ADENE), e caso tenha acesso è internet e dados móveis, no próprio site da empresa, www.adene.pt, é possível consultar os tecnicos disponíveis, e obter o orçamento mais ajustado a si. Relembramos que apenas a Adene pode emitir este tipo de documentos.

Após a visita ao local a ser avaliado, o técnico enviará informações ao Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar

O preço irá oscilar em função do tipo da habitação, ou seja, entre 28€ para um T0/T1 e os 65€ para um T6 ou mais. Relativamente aos edificios de comércio e serviços, os valores irão oscilar com base na àrea do espaço, ou seja, entre 135€ (até 250 m2) e os 950€ (superior a 5000 m2).

O meu local já tem certificação. O que devo fazer?

Existindo certificação no local, à partida não se deverá ter de pagar as taxas efetivas. No entanto, existem três condições para tal: O prazo do certificado não poderá ter mais de 10 anos; As medidas aplicadas devem conduzir à melhoria da classe energética; e ainda ter uma classe minima “B”.

Quais os documentos para ter o certificado energético?

Cópias da planta do local, caderneta predial urbana, certidão de registo na conservatória e ainda ficha técnica do espaço, são elementos essenciais para requerer este documento.

O não cumprimento das normativas adequadas implica a aplicação de coimas até 3740€, para singulares. A nivel empresarial poderá atingir os 44890€.

Precisa do certificado energético da sua casa? Nós podemos tratar de tudo por si! Fale já connosco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *